Image Map

Eu e a lua, a lua e eu



Vou contar pra vocês sobre algumas coisinhas que aconteceram comigo em relação ao meu vínculo com a lua, e trarei prints do Twitter por uma questão de evidência hahah Todos os tweets estão datados e comprovam a sequência dos fatos ;)

Em outubro do ano passado, ocorreu a super lua cheia em Áries. Essa foi uma lua carregada de muita energia, principalmente por estar num signo de fogo, é uma energia que nos dá forças para agir, trazer nosso fogo interior e queimar aquilo que não nos serve mais (relações, hábitos...), ou seja, era um tempo propício para meditar, voltar-se para dentro de si, conscientizar-se do que queríamos para nós e do que deveríamos mudar. 
Antes mesmo dela acontecer, eu já estava empolgada para sua chegada:


Eu já tenho um vínculo muito forte com a lua, considero-a minha guia natural e no qual eu tenho muita afinidade e puro amor, meu ciclo menstrual estava regulado com o ciclo dela, sentia em meu ser muito de sua influência e nesse dia de tanta energia lunar, fui até o Ibirapuera com minha melhor amiga para meditarmos.
Como vocês viram nos posts de meditação (post 1post 2) eu sempre acabo focando num mantra exclusivo para aquela situação específica. Às vezes eu decido ele antes de meditar, às vezes ele vem durante a própria meditação como uma frase que vem e não vai mais, repete-se constantemente. Nesse caso, o mantra veio e foi um clamor à lua:


"Me ajuda a ajudar o mundo", "me ajude a ajudar o mundo", "me ajude a ajudar o mundo"... E eu direcionava essa energia do mantra pra Lua, aquela Lua gigantesca e super brilhante. Sentia ela abraçando o meu pedido, pois compreendi que o que eu estava pedindo não era um desejo do ego, mas sim, uma necessidade da minha alma. Eu não estava ali pedindo pra ter coisas pra mim ou conseguir coisas mirabolantes na minha vida. Era um pedido simples e feito com muito amor e compaixão. Pedi ao universo energia pra fazer o que vim fazer aqui, ajudar, ser canal de transmissão dessa energia, ou seja, estava pedindo simplesmente forças para que eu conseguisse ser eu mesma e realizar meu propósito. E outra, era uma troca, eu pedi energia do universo para que então tivesse energia suficiente para passar a energia para outro. Só depois da meditação, compreendi a força desse mantra. 
Agora vem a melhor parte: Um dia depois, a meditação já teve seu efeito. UM DIA DEPOIS!!!


Sim, um dia depois eu tive energia pra finalmente dar o primeiro passo para externalizar conceitos chave da minha teoria. Aconteceu naturalmente, e era exatamente uma resposta ao mantra e à meditação do dia anterior. Como eu havia pedido ajuda para ajudar o mundo, e já expliquei que seria um sinônimo para me ajudar a ser quem eu sou e exercer o meu propósito, nada mais coerente do que a energia de ação me impulsionar a fazer algo como a minha teoria. Que surgiu como uma meta de vida a ser realizada e um objetivo espiritual ao qual me foi dado, para que eu pudesse ajudar a confrontar os padrões científicos e a sociedade no qual estamos inseridos e trazer uma visão integrada entre ciência e espiritualidade e uma nova visão de homem e do próprio conceito de Deus.

Bom, isso foi uma meditação. Agora vou falar de outra em que também teve influência da Lua.
Antes da maior super lua do século em novembro, tive uma meditação onde me senti muito inútil, parecia que o que eu fazia não era suficiente e ninguém que me rodeava parecia estar vivendo algo parecido com o que eu estava vivendo espiritualmente, então meio que me senti isolada nesse assunto e sem ninguém pra compartilhar experiências. Foi aí que, humildemente, pedi para que esse sentimento de "solidão espiritual" se esvaísse de alguma maneira...
Então, nessa mesma semana eu viajei para Ubatuba, pois seria feriado, aniversário do meu irmão e claro, a super lua.
Agora vamos para as evidências hahah 
1- Fiz um role em casa e chamei uns amigos que chamaram outros amigos que eu não conhecia. Mas por incrível que pareça, aquelas pessoas não me causaram nenhum estranhamento. Foi natural, como se a gente já se conhecesse... O mais legal foi que, naquele dia, o clima estava diferente. Estava uma vibe bem espiritual e acredito muito que seja pela influência da maior super lua. Não foi só eu que senti desse jeito. Aquelas pessoas até então desconhecidas, conversaram comigo sobre espiritualidade de um jeito que eu me abri completamente. Chorei ao contar das minhas experiências, me emocionei em como eles ouviam e ENTENDIAM o que eu já tinha passado e estava passando. Foi uma conversa natural, todo mundo contribuiu contando um pouco da sua vida e sua ligação com o divino e isso me fez sentir abraçada... Eu não me senti isolada espiritualmente, mesmo que tenhamos passado por coisas tão diferentes. Essas pessoas simplesmente brotaram na minha casa e foi uma resposta da minha meditação. 
Além disso, muitas coisas aconteceram nesse dia. Tive uma sensação muito forte com um dos meus melhores amigos onde tive a certeza que já fui a mãe dele em outra vida e fui inundada por esse amor. Esse mesmo amigo acabou ficando com a minha melhor amiga e eles sentiram que já se amaram em outras vidas (hoje eles namoram <3), então, acredito que passou longe de ser um dia medíocre, mas sim, um encontro de almas.


2- O poder do mantra da lua cheia em Áries ainda estava forte (e continuará), e pessoas espontaneamente vinham me procurar pedindo conselhos ou ajuda no âmbito espiritual (ler debaixo pra cima):

3- Não parou por aí... Na mesma semana, uma menina da minha faculdade, que não era tão próxima de mim assim, chegou DO NADA me falando isso:


Sim, essa pessoa foi usada pra responder (mais uma vez) àquela meditação em que menti sozinha espiritualmente. Ela simplesmente descreveu como eu me sinto nas minhas meditações e ainda me disse coisas que passaram por ela, ou seja, Deus a usou para que essas palavras chegassem até a mim. Tem coisa mais maravilhosa que isso?????

4- COMO SE NÃO BASTASSE TUDO ISSO, dias antes eu tinha descoberto um site que é esse aqui: http://awakeningourtruth.com/ e que um dos criadores do site conta como foi seu processo de despertar da consciência, e em meio aos seus diferentes relatos, um deles ele explica que viu uma certa forma de energia que é como se o universo inteiro se movimentasse, uns pontinhos brilhantes que vagam, e é uma coisa que eu vejo desde sempre e NUNCA ouvi ninguém falar que viu a mesma coisa, e muito menos, alguém explicar exatamente do jeito que eu vejo... Fiquei bem pasma.


Bom, pra encerrar... Qual foi meu intuito em querer mostrar tudo isso pra vocês? Primeiramente, expor o poder de uma meditação. Quando meditamos, oramos, nossa energia se direciona para outro plano e as coisas ACONTECEM. Não precisa de lógica, é tudo uma questão de vibração, intenção e poder espiritual. Acreditem naquilo que pedem, vejam se é mesmo uma necessidade da alma ou desejo do ego, estejam com o coração cheio de intenções boas, por mais que você esteja se sentindo mal, como eu estava me sentindo isolada, as respostas vêm, não perca a fé e a humildade. Segundo, a ligação com seu guia natural é muito forte. Descubra o seu, crie um vínculo com ele, ame-o e peça pra que ele te dê energia... A natureza e o universo são manifestações do divino. E eu e a lua nos amamos <3
Terceiro, quando você tem consciência, as coisas ficam mais claras e você compreende o fluxo da energia na sua vida. É impressionante, mas a energia essencial criadora de Deus é maravilhosa e cuidar da nossa espiritualidade é a chave para nossa evolução individual e coletiva.





0 comentários:

Postar um comentário

 
Image Map